Unidades Homenageadas


Unidade Ipanema

Homenageado: ADALBERTO MACHADO – ADALBERTO
Nascimento: 03/06/64 – Rio de janeiro – RJ
Posição: lateral-esquerdo (1981 / 1988)
Nº de jogos: 183 ( 105V,42E,33D ) – 7 gols

Adalberto é oriundo das categorias de base do Flamengo, foi Campeão Juvenil em 1981, Campeão Sul-Americano e Mundial, pela seleção Brasileira de Juniores em 1983.Neste mesmo ano, foi promovido para a equipe profissional tornando-se Campeão Brasileiro, Campeão Carioca em 1986 e Campeão Brasileiro em 1987. Adalberto era um jogador com excelente técnica e força. Teve a sua carreira encerrada precocemente por uma contusão.

Unidade Lagoa

Homenageado: ADÍLIO DE OLIVEIRA GONSALVES – ADÍLIO
Nascimento: 15/05/56 – Rio de Janeiro – RJ
Posição: Meio-campo / Atacante (1975 / 1987)
Nº de jogos: 611 (471V,147E,93D) – 128 gols

Apoiador de rara habilidade na condução da bola. Surgiu nas divisões de base do clube. Titular absoluto entre 1977 e 1986, formou com Andrade e Zico o meio-campo do time Campeão Mundial em 1981. Jogou na Seleção Brasileira entre 1979 e 1982.

Unidade Icaraí

Homenageado: NEWTON CARNEGAL – NEWTON
Nascimento: 04/06/17 – Rio de Janeiro – RJ
Posição: Zagueiro (1939 / 1952)
Nº de jogos: 385 (228V,66E,91D)

Foi titular na conquista do segundo Tricampeonato Carioca, de 1942 a 1944. Formou, com Jurandir e Domingos da Guia, um dos trios finais mais eficientes. Já veterano, participou da vitoriosa excursão à Europa, em 1951. Trabalhou diversas vezes como técnico dos profissionais. É um patrimônio do clube. Jogou na Seleção Brasileira, de 1945 a 1947.

Unidade Campo Grande – MS

Padrinho: JORGE AMORIM DOS SANTOS – JORGINHO
Nascimento: 17/07/64- Rio de Janeiro
Posição: lateral (1985 / 1989)
Nº de jogos: 182 (139V,59E,48D)

Conquistou o Estadual de 1986 e o Brasileiro de 1987. Foi com a camisa rubro-negra qeu ganhou a experiência que o levou para o futebol europeu e ao título mundial em 1994, nos EUA. Fez 71 jogos e 6 gols pela seleção brasileira principal entre 1988 e 1985, e outras 11 partidas pela seleção brasileira olímpica entre 1987 e 1988.

Unidade Cuiabá

Homenageado: DORIVAL KNIPPEL – IUSTRICH
Nascimento: 28/09/1917 – Corumbá – MS
Posição: Goleiro (1935 / 1944)
Nº de jogos: 184 (110V,40E,34D)

Unidade Vila Velha

Homenageado: SILVIO PIRILO – PIRILO
Nascimento: 27/07/16 – Porto Alegre – RS
Posição: Atacante (1942 / 1947)
Nº de jogos: 228 (134V,46E,48D) 207 gols

Marcou quantas vezes fossem necessárias para a torcida esquecer Leônidas da Silva. Estabeleceu um recorde ainda não superado: 39 gols em um único Campeonato Carioca, em 1941. Todo rubro-negro deveria saber de cor o ataque que integrou e que deu ao clube o Tri, em 1944: Valido, Zizinho, Pirilo, Perácio e Vevé. Pirilo jogou na Seleção Brasileira, em 1942.

Unidade Belém I

Homenageado: JORDAN DA COSTA – JORDAN
Nascimento: 24/11/32 Rio de Janeiro
Posição: Médio ( 1952 / 1963 )
Nº de jogos: 589 ( 352V,104E,133D ) 3 gols

Considerado um dos melhores marcadores de Garrincha, jamais foi expulso de campo em quase quatorze anos de carreira. Rubro-Negro de coração, destacou-se no São Cristovão e abriu mão de várias propostas, preferindo transferir-se para o Flamengo, onde formou com Jadir e Dequinha a fabulosa linha média que ajudou o Flamengo a conquistar o Tri Carioca, em 1955.

Unidade Barra da Tijuca

Homenageado: VÁLTER MACHADO DA SILVA – SILVA
Nascimento: 02/01/40 – Ribeirão Preto – SP
Posição: Atacante (1965 / 1969)
Nº de jogos: 132 (67V,28E,37D ) 68 gols

Um dos grandes cabeceadores da história, fez-se ídolo rubro-negro jogando quatro anos pelo clube. Formou com Almir a irresistível dupla de ataque do time Campeão Carioca do Quarto Centenário, em 1965. Disputou a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra.

Unidade Curitiba

Homenageado: MOACYR CORDEIRO – BIGUÁ
Nascimento: 23/03/21 – Irati – PR
Posição: Médio (1941 / 1953)
Nº de jogos: 380 (225V,75E,80D)

Chegou ao Flamengo em 1941 e foi o melhor lateral direito do clube até o surgimento de Leandro, em 1978. Impressionava mais pela disposição, embora também soubesse tratar a bola com carinho. Jogou na seleção brasileira, em 1945.

Unidade Natal

Homenageado: JOSÉ MENDONÇA DOS SANTOS – DEQUINHA
Nascimento:19/03/29 – Mossoró – RN
Posição: médio (1950 / 1959)
Nº de jogos: 374 (234V,70E,70D) 8 gols

Começou a destacar-se na vitoriosa excursão à Europa, em 1951. Volante capaz de roubar bolas e distribuir jogo com a mesma eficiência, foi o ponto de equilíbrio da linha média, completada por Jadir e Jordan, fundamental na conquista do Tricampeonato Carioca de 1955. Jogou na Seleção Brasileira entre 1954 e 1956. Disputou a Copa do Mundo de 1954, na Suiça.

Unidade Cabo Frio

Homenageado: JOSÉ LEANDRO SOUZA FERREIRA – LEANDRO
Nascimento: 17/03/59 Cabo Frio – RJ
Posição: lateral-direito / zagueiro (1979 / 1990)
Nº de jogos: 411 (236V,98E,77D ) 14 gols

Maior lateral direito da história do clube, e um dos três grandes do futebol brasileiro. Raríssimos foram os jogadores que possuíram a habilidade que Leandro desfilou por dez anos com a camisa rubro-negra. Jogou pela Seleção Brasileira entre 1981 e 1986. Disputou a Copa do Mundo de 1982, na Espanha.

Unidade Brasilia

Homenageado: RUBENS JOSUÉ DA CASTA – DR. RUBENS
Nascimento: 21/11/28 – São Paulo – SP
Posição: atacante (1951 / 1957)
Nº de jogos: 170 (107V,32E,31D) 82 gols

Estreou como destaque da partida em que o Flamengo pôs fim a um jejum de sete anos sem vitórias sobre o Vasco, em 1951. E não tardou a ganhar a condição de ídolo e o apelido de Dr. Rubens, gentileza do torcedor, que se encantava ao vê-lo dominar as ações do meio-campo, onde trabalhava com maior facilidade. Jogou pela Seleção Brasileira, entre 1952 e 1954. Disputou a Copa do Mundo de 1954, na Suíça.

Unidade Itaipu

Homenageado: JAIME DE ALMEIDA
Nascimento: 28/08/20 Belo Horizonte-MG
Posição: médio (1938 / 1949)
Nº de jogos: 329 (184V,64E,81D) 25 gols

Revelado no futebol mineiro, foi escolhido em 1946 o melhor lateral esquedo da América do Sul. Eficiente na marcação e no apoio, numa época em que poucos executavam tal função, formou com Biguá e Bria a linha média fundamental na conquista do Tricampeonato Carioca de 1944. Jaime recebeu o troféu Belfort Duarte, era um jogador que tinha o “Fair Play” como filosofia, a ponto de cumprimentar um jogador do time adversário que havia feito um belo gol contra o Flamengo. Jogou na Seleção Brasileira entre 1944 e 1946.

Unidade Juiz de Fora

Homenageado: JORGE LUIZ ANDRADE SILVA – ANDRADE
Nascimento: 21/04/57 Juiz de Fora – MG
Posição: Meio-campo (1975 / 1988)
Nº de jogos: 566 (329V,138E,99D)

Apoiador clássico, ao melhor estilo dos grandes volantes do futebol brasileiro. Surgiu nas divisões de base do clube. Titular absoluto entre 1979 e 1988, formou com Adílio e Zico o meio-campo do time Campeão Mundial em 1981. Jogou pela Seleção Brasileira entre 1983 e 1989.

Unidade Resende

Homenageado: CLAUDIO ADALBERTO ADÃO – CLAUDIO ADÃO
Nascimento: 02/07/1955 – Volta Redonda -RJ
Posição: atacante (1977/ 1983)
Nº de jogos: 153 ( 99V,31E,23D) 80 gols

Cláudio Adão era um centro-avante de estilo clássico, tinha como marca registrada a matada da bola no peito. Participou da grande vitória do Flamengo sobre a excelente equipe do Real Madri na final do torneio de Palma de Mallorca, marcando, inclusive, um dos gols da final. Participou com destaque do terceiro Tricampeonato do Flamengo.

Unidade Teresópolis

Homenageado: MARINHO RODRIGUES DE OLIVEIRA – MARINHO RODRIGUES
Nascimento: 21/05/26 – Paracambi -RJ
Posição: zagueiro (1953 / 1954)
Nº de jogos: 55 (26V,21E,8D)

Atuou no segundo Tricampeonato do Flamengo, era um zagueiro que aliava técnica e força, herdou o posto de “Deus da raça”, que anteriormente pertencia ao zagueiro Biguá. A sua paixão pelo clube contagiou o filho Fred, que também se tornou jogador do Flamengo nos anos 70.

Unidade Aracaju

Homenageado: JOÃO BATISTA NUNES DE OLIVEIRA
Nascimento: 20/05/54 – Feira de Santana – BA
Posição: atacante (1980-1987)
N° de jogos: 212 (122V,59E,31D) 96 gols

Artilheiro implacável, chegou ao Flamengo em 1980 para marcar os gols que definiram pelo menos quatro finais decisivas: Brasileiro de 1980, Estadual de 1981, Mundial Interclubes de 1981 e Brasileiro de 1982. Outro que se identificou como poucos com a camisa rubro-negra. Fez treze jogos e oito gols pela seleção brasileira, entre 1978 e 1980.

Unidade Campo Grande (RJ)

Padrinho: HENRIQUE FRADE – HENRIQUE
Nascimento: 03/08/34 – Formiga -MG
Posição: atacante (1954 / 1963)
Nº de jogos: 402 (240V,67E,95D ) 211 gols

Terceiro artilheiro da história do Flamengo com 211 gols. Campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1961. Formou com Joel, Moacir, Dida e Babá um dos mais famosos ataques da história rubro-negra de todos os tempos. Jogou na Seleção Brasileira entre 1951 e 1961.

Unidade Goiânia

Homenageado: JADYR EGÍDIO DE SOUZA – JADYR
Nascimento: 09/04/30 São Paulo – SP
Posição: zagueiro (1952 / 1962)
Nº de jogos: 472 (270V,91E,101D)

Concluiu com êxito a tarefa de substituir o paraguaio Modesto Bria, formando com Dequinha e Jordan a fabulosa linha média que ajudou o Flamengo a conquistar o Tri Carioca, em 1955. Marcador duro, eficiente no jogo aéreo. Jogou na Seleção Brasileira, entre 1957 e 1961.

Unidade Manaus

Homenageado: JURANDYR FERREIRA DOS SANTOS – JURANDYR
Nascimento: 26/04/1912 – São Paulo SP
Posição: goleiro (1942 / 1946)
Nº de jogos: 103 (61V,22E,20D)

Fez fama no Palestra Itália de São Paulo e consagrou-se definitivamente no Flamengo. Goleiro seguro e arrojado, foi titular durante a conquista do segundo Campeonato Carioca, de 1942 a 1944. Apelidado “Rei dos Pênaltis”, formou com Domingos da Guia e Newton Canegal um dos mais eficientes trios finais. Atuou pela Seleção Brasileira entre 1937 e 1944.

Unidade São Luiz do Maranhão

Homenageado: FAUSTO DOS SANTOS – FAUSTO
Nascimento: 28/01/1905 – Codó – MA
Posição: médio (1936 / 1938)
Nº de Jogos: 76 jogos (46V,14E,16D) 1 gol

Apelidado “Maravilha negra” pelos uruguaios, durante a Copa doMundo de 1930. Foi no Flamengo que desfilou pela última vez seu futebol elegante, que o mantém entre os maiores centro-médios da história do futebol brasileiro. Jogou na Seleção Brasileira, entre 1924 e 1935.

Unidade Belém II

Padrinho: EVERALDO PAES DE LIMA – VEVÉ
Nascimento: 14/03/18 – Belém – PA
Posição: atacante (1941 / 1948)
Nº de jogos: 209 (120V,38E,50D) 93 gols

Briga com Moderato, Zagallo e Paulo César Lima pelo título de melhor ponta-esquerda da história do clube. Sua estatura não o impedia de driblar com facilidade quantos laterais lhe aparecessem. Tricampeão em 1944, encerrou a carreira prematuramente, quatro anos mais tarde, por causa de uma contusão crônica no joelho esquerdo. Jogou na Seleção Brasileira em 1945.

Unidade Vila Isabel

Padrinho: JOEL ANTÔNIO MARTINS – JOEL
Nascimento: 23/11/31 – Rio de Janeiro – RJ
Posição: atacante (1951 / 1963)
Nº de jogos: 404 (244V,74E,86D) 115 gols

É um dos seis jogadores que pertenciam ao Flamengo a conquistar o título de Campeão Mundial pela Seleção Brasileira em 1958, na Suécia. Ponta-direita driblador, também concluía com eficiência, tanto que marcou 115 gols com a camisa rubro-negra, muitos na campanha do Tricampeonato Carioca de 1955. Jogou pela Seleção entre 1957 e 1961.

Unidade Jequié

Homenageado: LEÔNIDAS DA SILVA – LEÔNIDAS
Nascimento: 06/09/1913 – Rio de Janeiro – RJ
Posição: atacante (1936 / 1941)
Nº de jogos: 179 (113V,30E,36D) 150 gols

É titular em qualquer Seleção Brasileira de todos os tempos. Chegou ao Flamengo em 1936 e ganhou uma impressionante popularidade após brilhante participação na Copa do Mundo de 1938. Campeão Carioca em 1939, deixou o clube apósdesentendimentos com a diretoria em 1942. Jogou na Seleção Brasileira, entre 1937 e 1946.

Unidade Londrina

Padrinho: ANTÔNIO NUNES – LICO
Nascimento: 09/08/51 – Imbituba – SC
Posição: atacante (1980 / 1984)
Nº de jogos: 126 (75V,28E,23D) 20 gols

Unidade Itaperuna

Padrinho: JOSÉ PERÁCIO – PERÁCIO
Nascimento: 02/11/27 – Nova Lima – MG
Posição: Atacante (1941 / 1951)
Nº de jogos: 119 (71V,25E,23D) 98 gols

Atacante de chute forte, quase indefensável, teve importante participação na conquista do Tricampeonato em 1944, formando a linha lendária com Valido, Zizinho, Pirilo e Vevé. Jogou na Seleção Brasileira entre 1938 e 1940. Titular na Copa do Mundo de 1938, na França.

Unidade Ponta Grossa

Padrinho: AGUSTIN VALIDO – VALIDO
Nascimento: 31/01/14 – Buenos Aires – Argentina
Posiçaõ: Atacante (1937 / 1944)
Nº de jogos: 138 (91V,22E,25D)

Ex-jogador do Boca Juniors, chamou a atenção do Flamengo ao disputar no Brasil um torneio integrando o combinado Becar Varella, em 1937. Ponta do fabuloso ataque formado ainda por Zizinho, Pirilo, Perácio e Vevé, marcou contra o Vasco o gol que deu ao Flamengo o Tricampeonato Carioca de 1944.

Unidade Florianópolis

Padrinho: ANTÔNIO NUNES – LICO
Nascimento: 09/08/51 – Imbituba – SC
Posição: atacante (1980 / 1984)
Nº de jogos 126 (75V,28E,23D) 20 gols

Unidade Vitória da Conquista

Homenageado: LUIZ CARLOS NUNES DA SILVA – CARLINHOS
Nascimento: 19/11/1937 – Rio de Janeiro – RJ
Posição: meio-campo (1958 / 1970)
Nº de jogos 512 (276V,109E,127D) 24 gols

Apoiador de estilo refinado, mestre na condução da bola, foi titular entre 1960 e 1970. Como técnico, conquistou pelo clube os estaduais de 1991,1999 e 2000, os brasileiros de 1987 e 1992, a Copa Mercosul de 1999 e a Taça Guanabara de 1988. Jogou na Seleção Brasileira em 1964.

Unidade Três Rios

Homenagiado: HÉLCIO DE PAIVA – HÉLCIO
Nascimento: 02/10/1903 – Rio de Janeiro RJ
Posição: zagueiro (1924 / 1931)
Nº de jogos: 132 (68V,18E,46D) 7 gols

Último grande zagueiro rubro-negro do período do amadorismo. Bom no desarme e no jogo aéreo, também era eficiente com a bola nos pés. Campeão Carioca em 1925 e 1927, afastou-se do futebol com a chegada do profissionalismo. Jogou na Seleção Brasileira entre 1925 e 1928.

Unidade Petrópolis

Padrinho: MODESTO BRIA – BRIA
Nascimento: 08/03/22 – Encarnacion – Paraguai
Posição: médio (1948 / 1953)
Nº de jogos: 360 (199V,72E,89D ) 8 gols

Volante de estilo clássico, foi o ponto de equilíbrio da linha média, completada por Biguá e Jayme de Almeida, fundamental na conquista do Tricampeonato Carioca de 1944. Sua paixão pelo Flamengo fez com que adotasse o Brasil como uma segunda pátria. Após encerrar a carreira, se tornou treinador e passou por todas as categorias do clube. Continuou a trabalhar no Flamengo até vir a falecer.

Unidade São Gonçalo

Padrinho: DOMINGOS ANTÔNIO DA GUIA – DOMINGOS
DA GUIA
Nascimento: 19/11/1912 – Rio de Janeiro – RJ
Posição: zagueiro (1936 / 1939)
Nº de jogos: 223 (138V,46E,39D)

Considerado ainda hoje o melhor zagueiro de história do Flamengo e do futebol brasileiro, conquistou o Bicampeonato Carioca em 1942/1943. Jogou pela Seleção Brasileira entre 1931 e 1946. Disputou a Copa do Mundo de 1938, na França.

Unidade Ilha do Governador

Padrinho: ROGÉRIO MORAES LOURENÇO – ROGÉRIO
Nascimento: 20/03/71 – Rio de Janeiro -RJ
Posição: zagueiro (1988 / 2001)
Nº de jogos: 268 (134V,76E,58D ) 19 gols
“1988 a 1994 ; 2000 e 2001. Começou nas divisões de base do Flamengo
com 13 anos de idade. Aos 17 anos já era titular do time profissional.
Principais títulos: Campeão copa do Brasil 1990, Carioca 1991, Brasileiro 1992 e Bi-estadual 2000 e 2001. É o maior zagueiro-artilheiro da história do Flamengo com 27 gols”.

Unidade João Pessoa

Padrinho: EVARISTO DE MACEDO FILHO – EVARISTO
Nascimento: 22/06/34- Rio de Janeiro
Posição: atacante (1953 / 1957)
Nº de jogos: 182 (101V,35E,46D)

Ponta de lança dos bons, era eficiente ao preparar as jogadas para os companheiros e também no momento das conclusões. Tricampeão Carioca em 1955, foi como jogador rubro-negro que estabeleceu um recorde ainda não superado na Seleção Brasileira: cinco gols em uma única partida, no 9 X O sobre a Colômbia, no Sul-Americano de 1957. Jogou na Seleção Brasileira entre 1955 a 1957.

Unidade Maceió

Homenageado: EDVALDO ALVES DE SANTA ROSA – DIDANascimento: 26/03/1934 Maceió – ALPosição: Atacante (1949 / 1961)
Nº de jogos: 350 (216V,59E,75D) 263 gols

Segundo artilheiro da história do Flamengo, com 244 gols, serviu de inspiração para toda uma geração de rubro-negros, inclusive para Zico, o maior craque da história do clube. É um dos seis jogadores que pertenciam ao Flamengo ao conquistar o título Mundial pela Seleção Brasileira. Em 1958, jogou na Seleção Brasileira entre 1958 e 1961. Foi Campeão Mundial , na Suécia.

Unidade Niterói / Centro

Padrinho: THOMAZ SOARES DA SILVA – ZIZINHO
Nascimento: 14/09/21 Niterói -RJ
Posição: Atacante ( 1939 / 1950)
Nº de jogos: 318 (187V,56E,75D) 146 gols

Há quem o considere melhor que Pelé. É titular em qualquer Seleção Brasileira de todos os tempos. Foi o principal condutor do time Tricampeão Carioca de 1944. Fez 54 jogos e 31 gols pela Seleção Brasileira entre 1942 e 1957. Disputou a Copa do Mundo de 1950, no Brasil.

Unidade Santos

Padrinho: ANTÔNIO JOSÉ RONDINELLI TOBIAS – RONDINELLI
Nascimento: 26/04/55- São José do Rio Pardo -SP
Posição: zagueiro (1971 / 1981)
Nº de jogos: 396(242V,100E,54D)

O gol espetacular de cabeça que marcou contra o Vasco, que decidiu o Estadual de 1987, deu-lhe o apelido de Deus da Raça e elevou-o definitivamente à categoria de ídolo rubro-negro. Não foi um zagueiro de técnica refinada, mas sua impressionante disposição fazia a alegria do torcedor. Fez 4 jogos pela seleção brasileira, entre 1976 e 1980.

Unidade Sinop

Padrinho: NARCISO INÁCIO DOVAL – DOVAL
Nascimento: 04/01/44- Buenos Aires – Argentina
Posição: atacante (1969 / 1975)
Nº de jogos: 263(145V,65E,53D)

Raros foram os jogadores que se identificaram tanto com a camisa rubro-negra. Atacante habilidoso, raçudo, e como se não bastasse, goleador. Ocupa posição de destaque entre os mais importantes jogadores da história do Flamengo. Fez um jogo pela seleção argentina, em 1964.

Unidade Tijuca

Padrinho: EVARISTO DE MACEDO FILHO – EVARISTO
Nascimento: 22/06/34- Rio de Janeiro
Posição: atacante (1953 / 1957)
Nº de jogos: 182 (101V,35E,46D)

Ponta de lança dos bons, era eficiente ao preparar as jogadas para os companheiros e também no momento das conclusões. Tricampeão Carioca em 1955, foi como jogador rubro-negro que estabeleceu um recorde ainda não superado na Seleção Brasileira: cinco gols em uma única partida, no 9 X O sobre a Colômbia, no Sul-Americano de 1957. Jogou na Seleção Brasileira entre 1955 a 1957.

Unidade Uberlândia

Padrinho: Raul Guilherme Plasmann
Nascimento: 27/09/44- Antonina (PR)
Posição: goleiro (1978 / 1983)
Nº de jogos: 228 (121V,58E,39D)

Unidade Vila da Penha

Padrinho: Rogério Moraes Lourenço
Nascimento: 20/03/71- Rio de Janeiro (RJ)
Posição: zagueiro (1988 / 2001)
Nº de jogos: 268 (134V,76E,58D)

Unidade Nova Iguaçu

Padrinho: Crizam César de Oliveira Filho -ZINHO
Nascimento: 17/06/67- Nova Iguaçu (RJ)
Posição: atacante (1986 / 1992)
Nº de jogos: 401(216V,104E,81D)

É, ao lado de Aldair, Bebeto e Leonardo, um dos quatro campeões mundiais se 1994 revelados na Gávea. Tornou-se titular aos 19 anos. Foi Campeão estadual em 1986 e 1991, brasileiro em 1987 e em 1992, da copa do Brasil em 1990 e da Taça Guanabara em 1988 e 1989. Fez 56 jogos e sete gols pela seleção brasileira, entre 1989 e 1998.

Unidade Nilópolis

Padrinho: José Carlos Nepomuceno Mozer
Nascimento: 19/09/60- Rio de Janeiro (RJ)
Posição: zagueiro (1980 / 1987)
Nº de jogos: 292(166V,68E,58D)

Zagueiro clássico, habilidoso no trato com a bola, também era capaz de dar chutões e, quando necessário, alguma pancada. Como se não bastasse, ainda se tornava uma ameaça quando partia em direção ao ataque e também no jogo aéreo, o que lhe possibilitou a marcação de muitos gols. Fez 37 jogos pela seleção brasileira, entre1983 e 1994. Disputou a copa do mundo de 1990, na Itália.

Unidade Porto Alegre

Padrinho: Paulo César Carpeggiani
Nascimento: 07/02/49- Erechim(RS)
Posição: meio-campo (1977 / 1979)
Nº de jogos: 221(133V,57E,31D)

Chegou ao clube em 1977 e sua contribuição foi fundamental para a formação do time que conquistou quase todos os times que disputou nos cinco anos seguintes.Foi o técnico rubro-negro no título mundial de 1981. Fez 17 jogos pela seleção brasileira entre 1974 e 1979. Disputou a Copa do Mundo de 1974, na Alemanha.

Unidade João Pessoa

Padrinho: Leovegildo Lins Gama Júnior – JÚNIOR
Nascimento: 29/06/54- João Pessoa (PB)
Posição: zagueiro/meio-campo (1974 / 1993)
Nº de jogos: 857(492V,201E,155D)

Um dos mais completos jogadoes da história do Flamengo. Eficiente como lateral e como apoiador. Campeão Mundial, sul-americano, brasileiro, estadual e copa do Brasil. Recordista de jogos com a camisa rubro-negra. Fez 74 jogos e seis gols pela seleção brasileira principal, entre 1979 e 1992, e outras onze partidas pela seleção brasileira olímpica, em 1976. Disputou a Copa do Mundo de 1982, na Espanha, e a de 1986, no México.

Arquivo: Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins. Ed. Abril